Compatilhar

O que são e quais os benefícios dos softwares de Business Intelligence

10 de fevereiro de 2021

O que são e quais os benefícios dos softwares de Business Intelligence
Insight Sales

Redator

Em um mundo orientado por dados, um processo eficiente para organizar e transformar essas informações em insights é fundamental para o crescimento e inovação dos negócios. 

Dito isso, os softwares de Business Intelligence (ou Inteligência de Negócios) estão cada vez mais avançados. Utilizando algoritmos, inteligência artificial e aprendizado de máquina (em inglês, Machine Learning) eles nos ajudam a organizar e entender melhor nossos passos no dia a dia e a prever com mais estabilidade o que o amanhã trará, garantindo uma melhor orientação no momento das tomadas de decisões.

Esses softwares de Business Intelligence (BI) são desenvolvidos para ajudar as empresas a descobrirem e visualizarem seus dados e, com isso, gerarem cada vez mais resultados. Esse tipo de software apresenta um conjunto de funcionalidades que tem por objetivo analisar, recuperar, organizar e transformar dados em percepções de negócios úteis para o dia a dia dos colaboradores. 

Alguns exemplos de ferramentas de Business Intelligence incluem visualização e armazenamento de dados, painéis e relatórios, que, diferentemente das ferramentas de inteligência de mercado, extraem dados internos que a empresa produz, em vez de fontes externas.

À medida que o tema "Big Data" ganhou destaque no mundo, houve um aumento considerável também da popularidade dos softwares de BI. As empresas que hoje geram, rastreiam e copilam dados de negócios em uma escala nunca antes vista, muitas vezes não consegue utilizá-los de forma interessante no dia a dia. Vamos ver a seguir como adotá-los da melhor maneira!

Como usar um software de Business Intelligence no dia a dia

Business Intelligence

Para fazer escolhas mais assertivas, as empresas precisam basear suas decisões em evidências. A montanha de dados que as empresas e seus clientes produzem atualmente contém padrões de compra e tendências de mercado que, ao padronizar esses dados, as empresas conseguirão entender melhor seus clientes, prever melhor o crescimento da receita e se proteger contra as armadilhas comerciais que acometem nossos negócios.

O setor de Business Intelligence tradicionalmente assume um modelo de relatórios trimestrais ou anuais, porém as ferramentas atuais funcionam de forma mais constante e na velocidade da luz, podendo gerar para você a para a sua equipe relatórios semanais ou até mesmo diários (como é possível através da Insight Sales, por exemplo), garantindo mais saúde e previsibilidade ao seu processo. Esses insights podem ajudar uma empresa a escolher um curso de ação em questão de minutos!

Vamos entender melhor como funciona esse processo para que haja um melhor aproveitamento desse tipo de tecnologia nas empresas.

Como o Business Intelligence pode ajudar na padronização dos dados

Os dados geralmente ficam armazenados em diferentes sistemas em uma organização. Para uma análise mais precisa, as empresas precisam garantir uma formatação padronizada entre os tipos de dados de cada um desses sistemas adotados internamente. Por exemplo, algumas empresas podem ter informações sobre seus clientes em CRMs (Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) ou ERPs (Enterprise Resource Planning, ou Sistema de Gestão Integrado). Esses sistemas separados podem rotular e categorizar dados de maneira diferentes, desta maneira é preciso padronizar os dados antes da análise final. 

Dito isso, há muitos fatores a se considerar ao escolher as ferramentas de BI em busca desse ajustamento de indicadores. Isso porque algumas são mais adequadas para usos específicos, enquanto outras exigem habilidades de codificação mais extensas. Vamos entender melhor como funciona cada um desses modelos.

Qual software de Business Intelligence é o ideal para o seu negócio?

Algumas plataformas de Business Intelligence extraem dados para análise diretamente dos aplicativos de origem por meio de uma conexão de API nativa. Outros sistemas requerem o uso de um sistema de armazenamento de dados para agregar diversos conjuntos de dados em um local comum.

Pequenas empresas, departamentos específicos ou usuários individuais podem descobrir que uma integração nativa funciona bem, mas grandes corporações, empresas corporativas e empresas que geram grandes conjuntos de dados talvez precisem de uma configuração mais abrangente.

Vamos falar especificamente de 3 tipos de sistemas de Business Intelligence existentes no mercado hoje: 

1. Bancos de dados (Database Management)

Um Banco de Dados é um montante de informações organizadas de forma que elas possam ser acessadas para uso posterior por um programa de computador. Seus dados serão mais precisos, confiáveis e fáceis de usar se você tiver um banco de dados.

Uma outra maneira de entender sobre bancos de dados, é: pense em um computador que permite que você manipule informações, sejam elas em forma de palavras, números, imagens ou vídeos. No entanto, um computador precisa armazenar essas informações em algum lugar para que elas possam ser inseridas ou alteradas, e também precisa garantir que você consiga encontrar essas informações certas no momento correto. Os bancos de dados são a forma como os computadores resolvem esses dois problemas.

Por definição, os dados em um banco de dados precisam ser organizados de acordo com um conjunto consistente e lógico de princípios básicos e existem diversos modelos que podem se adaptar ao que o seu negócio precisa. 

2. Visualização de dados (Data Visualization)

Visualização de dados

Os softwares de visualização de dados tem como função o que o próprio nome já diz: ajudar na representação de dados ou informações em forma de gráfico ou outro formato visual. Ou seja, ele comunica esses dados em forma de imagens. 

Isso é importante porque permite que padrões e informações (muitas vezes existentes de forma massiva) sejam vistos mais facilmente pelos colaboradores (não apenas para cientistas e analistas de dados, mas para qualquer funcionário envolvido nos processos). 

Em outras palavras, precisamos da visualização de dados porque um resumo visual das informações e dados torna muito mais fácil a identificação de padrões e tendências, do que examinar milhares de linhas em uma planilha confusa. 

Como o objetivo da análise de dados é obter insights, os dados são muito mais valiosos quando são visualizados, pois mesmo que um profissional de sales ops possa obter insights dos dados sem a visualização, será bem mais complicado comunicar para o restante do time esses resultados sem essa representação.  

Um cenário comum é uma equipe de sales ops tentar reportar sobre algum cenário específico com números para alguém em cargos superiores, e acabar obtendo pouca atenção. Porém, ao mostrar um gráfico sucinto de quanto dinheiro poderia-se economizar, com certeza chamará muito mais a sua atenção e obterá melhores resultados de convencimento interno. 

3. Softwares de ETL - Extrair, Transformar, Carregar (Extract, Transform, Load)

ETLs são ferramentas que permitem integrações de dados que funcionam em três etapas (extração, transformação e carregamento) usadas para combinar dados de diversas fontes. Esses softwares surgiram da necessidade de reunir dados de fontes diversificadas para que pudessem ser analisados de forma unificada.

Os processos de ETL funcionam da seguinte maneira: são extraídos dados de uma ou mais  fontes (Extrair), são feitas alterações de acordo com os requisitos (Transformar) e, em seguida, são carregados (Carregar) os dados transformados para um banco de dados, data warehouse ou plataforma de BI. 

Softwares de ETL

As ferramentas de ETL são mais simples de usar pois eliminam a necessidade de programação de códigos para extrair e processar os dados, isso porque esse já é o papel principal da ferramenta. Dito isso, basta especificar as fontes de dados e as regras de negócios para a sua transformação. 

As ferramentas de ETL auxiliam na limpeza e categorização de dados e possuem a capacidade de simplificar um grande volume de dados com regras complexas, tendo evoluído sua tecnologia desde a década de 70! 

O principal benefício do ETL é que ele é muito mais fácil e rápido de usar do que os métodos tradicionais que usam códigos manuais. As ferramentas ETL contêm interfaces gráficas que aceleram o processo de mapeamento de tabelas e colunas entre os armazenamentos de origem e destino.

Caso você não saiba, a Insight Sales funciona nesse modelo, reunindo os 3 exemplos descritos acima (Banco de Dados + Visualização de Dados + ETL) facilitando para que você e a sua equipe tenham dados extraídos do seu CRM de forma mais organizada e visual para gerar os melhores insights de ações para o seu comercial, e sem a necessidade do envolvimento de equipes de desenvolvimento.

Insight Sales

E a sua empresa? Já adotou um software de Business Intelligence?

Embora você provavelmente já interaja com dados todos os dias, a ideia de usar uma ferramenta com esse foco ainda pode parecer bastante assustadora e trabalhosa para alguns profissionais. 

A boa notícia é que não é preciso nenhuma experiência com programação ou da equipe de Operações de Vendas para entender e começar a colher os benefícios desse tipo de análise no dia a dia do seu negócio.

Ferramentas como a Insight Sales já fazem todo esse trabalho por você, facilitando à empresas de qualquer porte o acesso a dados ricos de forma muito mais rápida e intuitiva, garantindo maior visibilidade da saúde dos processos de vendas e maior controle das ações e resultados.

Compatilhar
distribuído por

Guia Gratuito Indicadores Comerciais

Baixe agora